Scroll Top

Observação de aves

 Pergunte-nos onde e como, temos roteiros, guias e pacotes para si...

Porque o Algarve é a região do país com a maior diversidade de espécies de aves contabilizada, propomos aos apaixonados ou aos apenas curiosos, alguns passeios memoráveis, por entre lagoas de água salgada e doce da Ria Formosa. Por aqui e só aqui, conseguem-se avistar algumas espécies de aves migratórias únicas, devido à grande variedade de singulares paisagens, em sintonia com a, já de si, privilegiada localização geográfica.

A Ria Formosa e o Sapal de Castro Marim, duas das zonas húmidas mais importantes do país (sendo esta última a primeira reserva natural criada em Portugal, ano de 1975) encontram-se “à nossa porta”. Não deixe de visitar e apoiar o Ria, centro de acolhimento de aves migratórias do Centro de interpretação da Quinta do Marim.

Depois, a Península de Sagres possui o principal corredor migratório de aves de rapina em Portugal, onde anualmente passam vários milhares de indivíduos de mais de 20 espécies diferentes, incluindo águias, falcões e abutres. Por fim, a Ria de Alvor ou a Lagoa dos Salgados que é, desde há vários anos, um local prioritário de intervenção por parte da SPEA e da BirdLife International.

Anualmente podem ser aqui observadas mais de 250 espécies (no total já foram observadas 386), entre residentes, nidificantes, invernantes ou migradoras de passagem. Mergulhões, patos, rapinas, limícolas, passeriformes, fazem o Algarve destacar-se a nível nacional, como sendo a região onde ocorre anualmente o maior número de observações de aves raras.

GuestCentric - Hotel website & booking technology
VeriSign Secured, McAfee Secure, W3C CSS compliant