a história

Imagine um século atrás...

A casa principal, construída nos finais do séc. XIX, ainda conserva à entrada o nome do seu antigo proprietário, o saudoso Sr. Manuel Domingos Lopes.

Durante meio século, entre 1925 e até meados da década de 70, desenvolveu aqui a sua actividade agrícola e criação de animais, apoiando no sustento de diversas famílias que aqui trabalhavam de sol a sol, ora no cultivo do trigo, aveia, cevada, favas entre outras, ora na apanha da alfarroba, amêndoa, figo, medronho e azeitona, também parte importante para a economia destas gentes. As arrancadas de lenha e cepas para os fornos ainda se encontram em actividade em Santa Catarina.

Através da divisão da sua propriedade em talhões (cortes) que entregou a vários agricultores, e uma boa orientação de exploração agrícola e criação de animais, conseguiu amealhar uma pequena fortuna, contribuindo para o desenvolvimento da economia local...

Já em finais da década de 90, a Herdade da Corte foi adquirida pelos actuais proprietários, apresentando 2 edifícios rústicos e uma grande extensão de terreno cheio de arvoredo variado. Tendo sido alvo de uma recuperação atenciosa, respeitando e mantendo a traça rústica original, num compromisso entre o passado e o bem-estar, apresenta agora condições ideais para um turismo de qualidade, em contacto com a natureza.

 

Usufrua
Perca-se em passeios matinais ou em picnics ao pôr-do-sol, sempre notando num novo contraste, entre cores e cheiros envolventes. Caminhadas, passeios de bicicleta, observação de aves e flores...
o que dizem os nossos clientes...
Porque a cidade ficou para trás e o mar espera paciente ao longe, a decoração dos quartos é rustica, simples e agradável...
Programas de escapadelas da Herdade da Corte. Pequenas experiencias no que melhor o outro Algarve lhe oferece.